As Causas e Sintomas das Alergias Dermatológicas

 em Alergias

Vamos falar um pouco sobre os três tipos mais comuns de alergias da pele (dermatológicas)

  • Dermatite Atópica
    Esta condição é mais comum de aparecer na infância, mas pode ocorrer também nos adultos e as causas ainda não são totalmente claras, mas sabe-se que surge a partir de alterações no sistema imunológico e nas barreiras de proteção da pele. A maioria dos pacientes apresentam a forma alérgica de dermatite atópica, ou seja, são sensíveis a algum alérgeno. Os alérgenos mais comuns neste caso são: os ácaros da poeira e os alimentos.
    Os principais sintomas da Dermatite Atópica são:
    ✔ Coceira intensa, pele seca e lesões tipo eczema
    O diagnóstico da doença é essencialmente clínico, e podem ser feitos testes de alergia (saiba mais clicando aqui) para identificar a presença de sensibilização e identificar os fatores causais.
    O tratamento envolve uma soma de ações focadas no controle da coceira, do ressecamento da pele e da inflamação. Antes de tudo, é essencial reduzir a exposição aos fatores desencadeantes. Também deve-se manter a pele hidratada, com uso diário de emolientes, e aplicar medicamentos nas lesões.
  • Dermatite de Contato
    A causa da Dermatite de Contato é simplesmente quando sua pele entra em contato direto com algo que é alérgico (mesmo que em pequena quantidade). Por exemplo: Você tem uma alergia ao níquel e sua pele entra em contato com jóias feitas com este material.
    As características da Dermatite de Contato são As características são:

✔Pele avermelhada com descamação (eczema) nos locaos de contato
Para ter um diagnóstico certo, o médico alergista se utiliza dos testes de contato (Patch test) (Saiba mais sobre o teste de contato)

  • Urticária
    Existem diversos fatores desencadeantes para esta causa, como infecções, medicamentos ou alimentos.
    Os sintomas que podemos destacar são: ✔Lesões avermelhadas, em placas e com relevo, que isualmente provocam coceira intensa.
    Para o tratamento, são utilizados anti-histamínicos, que são antialérgicos não sedativos. Em casos mais graves, associados à angioedema, podem ser usados corticoides por poucos dias.
Postagens Recentes

Deixe um Comentário