Artrose nos Joelhos – Causas e Tratamentos

 em Doenças Reumáticas

Vamos entender um pouco mais sobre as causas, sintomas e tratamentos para a Artrose.

A artrose ou osteoartrite de joelhos é uma doença da cartilagem do joelho e do osso subcondral que está em contato com a cartilagem.

Existem duas formas de manifestação da artrose. A artrose primária é a forma da doença que surge quando não se encontra uma causa específica suficiente para desencadear o início do problema. Está mais associada ao envelhecimento e à herança genética.

A artrose secundária surge em consequência de uma causa ou somatória de fatores que são prejudiciais para a estrutura dos joelhos, como a obesidade e o sobrepeso, o mau alinhamento da pelve e dos membros inferiores, defeitos da pisada e anatomia dos pés, traumas repetitivos nos joelhos, presença de quantidade excessiva e prolongada de líquido inflamatório dentro da
articulação. Algumas doenças como a artrite reumatóide e a espondilite anquilosante podem estar dentre as causas da artrose de joelhos.

Estima-se que 30% das pessoas acima de 60 anos apresentem algum grau de sintomas decorrentes da artrose. São esses: dor, rigidez na articulação e nas pernas, inchaço (edema) e perda de algum grau de mobilidade para movimentar e principalmente para caminhar após permanecer na mesma posição por um período de tempo. Os sintomas normalmente evoluem
lentamente, podendo desaparecer e reaparecer em crises. À medida que a artrose evolui e com o aumento da idade, a limitação para realizar os movimentos e as tarefas diárias que necessitem dos membros inferiores, podem comprometer a qualidade de vida. A dor geralmente é maior no frio, ao longo do dia e com o excesso de esforço físico em idosos com
perda de massa muscular. Apesar de não ter cura, a artrose de joelhos pode e deve sempre ser tratada. O tratamento inclui medidas não medicamentosas, tratamento com medicações e cirurgia. A recomendação atual no Brasil e internacional é que todo tratamento de artrose de joelhos deve ser
personalizado considerando o estado de saúde geral, grau da doença e preferência dos pacientes diante das melhores opções. É importante reforçar o papel da perda de peso planejada para obesos e da prática de atividade física supervisionada para melhora dos sintomas da artrose e menor avanço da doença.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário